MotoE World Cup: esse é o nome da categoria de moto velocidade apenas para motos elétricas

Essa categoria era aguardada por muitos, há muito tempo.

Exista quem não goste da proposta, mas, cá entre nós, você vive no mesmo ano que EU?

O mundo vem mudando cada vez mais rápido e, que o futuro pertence aos veículos elétricos, a maioria de nós já sabe. Mas você sabia que o primeiro campeonato mundial de moto elétrica começou ano passado (2019)?

É isso mesmo. Foi dada a largada para as elétricas. A estética das motos é bem parecida com as Motos GP tradicionais. Já o motor, chassis e o que utilizam para gerar energia são bem diferentes. Nessa primeira temporada a maior patrocinadora é a ENEL, maior companhia de energia elétrica do mundo, que traz uma proposta de um esporte mais limpo em questões de poluentes e por utilizar energia renovável para recarregar as baterias.

Os veículos elétricos são conhecidos por ter uma capacidade de aceleração fenomenal, torque imediato a qualquer rotação do motor e, é claro, nível de ruído quase ZERO, a não ser quando falamos de veículos de alta performance como as MotosE.

 

Com motor de 120Kw de potência (aproximadamente 170cv), 0 a 100km/h em 2,8 segundos e velocidade máxima de 270km/h, as Motos E possuem um barulho parecido com naves espaciais vindas de filmes de ficção científica. Isso vem arrancando sorrisos de pilotos experientes e amantes de veículos elétricos, como eu.

 

Ainda não podemos dizer quais os limites que uma moto elétrica de competição pode chegar no futuro, mas uma coisa é certa, assim como em qualquer esporte à motor, os veículos são aprimorados com o tempo. Todas as corridas servem como um laboratório para os engenheiros, que acompanham os dados de desempenho em tempo real, enquanto os pilotos estão nas pistas.

Grande parte do desenvolvimento do automobilismo e motociclismo elétrico não ser mais rápido, infelizmente, ainda está ligado ao fato do petróleo possuir uma grande relevância na economia mundial. Porém essa situação está com dias contados. Já estamos vendo grandes montadoras como Vw, Porsche, Ducati entre outras, anunciando que não investirão mais em pesquisa e desenvolvimento para competições de veículos à combustão.

Sem margem de dúvidas os veículos elétricos são mais eficientes e possuem um desempenho fenomenal, agora… este é só o começo para este esporte, e se eu pudesse dar um palpite: Em 5 anos não iremos reconhecer as corridas de hoje em dia. Fácil fácil os veículos poderão ultrapassar os 400Km/h e serão muito mais baratos.

Referências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *