Gestão de energia inteligente: um overview

A crise de energia e o ímpeto global de “tornar-se verde” estimularam a integração de recursos de energia renovável, veículos elétricos plug-in e sistemas de armazenamento de energia à rede. A presença de mais de uma fonte de energia na rede exige a necessidade de um sistema de gerenciamento de energia eficiente para orientar o fluxo de energia.

Além disso, a variabilidade e a natureza volátil das fontes de energia renováveis, as incertezas associadas aos veículos elétricos plug-in, o preço da eletricidade e a carga variável no tempo trazem novos desafios aos engenheiros de energia para atingir o equilíbrio entre demanda e fornecimento para operação estável da energia sistema.

O sistema de gerenciamento de energia pode coordenar efetivamente o compartilhamento / comercialização de energia entre todos os recursos de energia disponíveis e fornecer cargas de maneira econômica em todas as condições para a operação confiável, segura e eficiente do sistema de energia.

Qual a função de um sistema de gestão de energia?

A função do sistema de gestão de energia é alocar de forma otimizada diferentes fontes de energia para os clientes, juntamente com a integração de fontes de energia sustentáveis ​​sem comprometer a confiabilidade, segurança e proteção do sistema.

Um sistema de gestão de energia pode monitorar, supervisionar, otimizar e controlar os consumidores, distribuição, transmissão e geração. Assim, o principal dever do sistema de gestão de energia é criar um equilíbrio entre a oferta e a demanda de forma eficiente, que deve ser econômica dentro das restrições e incertezas operacionais (incertezas no sistema de gestão de energia arquitetura inclui variação na geração de recursos de energia renovável, preço da eletricidade e comportamento dos clientes).

Pode funcionar para aplicações SCADA em tempo real, despacho, controle, programação e contabilidade de energia, bem como gerenciamento de segurança de transmissão. A internet das coisas (IoT) e o aprendizado de máquina estão ganhando popularidade simultaneamente, e ambos são muito úteis para o funcionamento eficiente do sistema de gestão de energia na rede.

Objetivos do sistema de gestão de energia

Os objetivos técnicos do sistema de gestão de energia incluem qualidade de energia, desempenho de equipamento e degradação de transformadores, e sua consideração fornece melhor desempenho do sistema, melhor qualidade de energia, melhora a expectativa de vida e reduz a manutenção e o tempo de inatividade.

Ao definir a meta do sistema de gestão de energia, o objetivo técnico e as restrições relacionadas devem ser considerados. Os objetivos econômicos referem-se ao custo operacional total de energia, custo para os clientes, maximização do lucro de agregadores e proprietários de estacionamento, entre outros.

Ao estabelecer o objetivo econômico, as restrições técnicas também são consideradas, sem considerar as restrições técnicas, a otimização do sistema de gestão de energia pode fornecer o melhor resultado econômico, mas o sistema pode estar sujeito a blackout em aparelhos/equipamentos operando em uma rede de distribuição podem ser danificados.

Os objetivos ambientais cobrem a minimização das emissões dos gases de efeito estufa, onde diferentes gerações baseadas em combustíveis fósseis estão programadas, para atingir a geração de baixa pegada de carbono.

São considerados objetivos de base socioeconômica onde a atividade econômica é moldada pelos processos sociais, que incluem os diversos programas nos quais usuários finais, agregadores, agentes e operadores de rede têm participação ativa para alcançar o melhor resultado econômico. O benefício obtido com os programas é compartilhado entre todos os atores, inclusive os usuários finais.

Conclusão

O sistema de gestão de energia garante a utilização ideal de fontes de energia distribuídas para realizar a operação econômica, sustentável e confiável da rede elétrica inteligente.

As áreas importantes que devem ser consideradas são: (a) o aprimoramento de redes inteligentes com boa relação custo-benefício com comunicação confiável e segura é o principal requisito que precisa ser abordado; (b) a modelagem rápida e precisa de incertezas é uma área que precisa ser mais explorada; e (c) a implementação em tempo real e econômica de sistema de gestão de energia por meio de hardware precisa ser projetada e desenvolvida.

Desta forma, a Infra Solar conta com sua própria plataforma de gestão de energia, entre em contato com nossos especialistas caso tenha interesse em reduzir custos e ter um melhor gerenciamento de sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *